Postagens

Resenha: Menina Má X Precisamos Falar Sobre Kevin

Imagem
Olá galerinha do meu blog!

Acabei de ler "Menina Má", de William March, um livro lançado em 1954, que por sinal na época fez muito sucesso quando lançado.  Menina Má tem um estilo de escrita semelhante à "Estorvo" de Chico Buarque, o que talvez tenha sido o que me fez gostar tanto do livro...O qual também foi uma surpresa, já que cheguei desde o início com o pensamento que o livro se trataria de um livro aonde a personagem principal seria a pequena "Rhoda", grande parte dele foi narrado aos olhos de Cristhine, a mãe de Rhoda, e em outras partes, narrado por Leroy. Mas, de toda forma, sempre a atenção estava direcionada à Rhoda, então vamos concordar que a personagem principal aqui é a Rhoda, não?
Menina Má fala sobre uma garota com "psicopatia", mas vamos recapitular: era os anos 50's, muita coisa nessa época ainda não haviam acontecido; os casamentos inter-raciais nos Estados Unidos eram proibidos, o país, óbvio que ainda se recuperava da seg…

Resenha: "The Runaways" (álbum)

Imagem
Olá galerinha! Tudo bem com vocês? 

Hoje eu vou falar sobre um dos álbuns quais eu mais ouço, estou falando sobre o álbum o primeiro álbum da banda americana "The Runaways", lançado em 1976, qual leva o mesmo título da banda.


Vamos voltar há um passado um pouco distante, aonde o homem ia há shows em lugares lotados, aonde um locutor cantavam palavras quais ninguém conseguia muito entender, logo então as "cavernas em que eles faziam seus shows eram no dia seguinte abandonadas, afinal era a época dos nomândes!

Ops, época errada! Era os anos 70's, você podia ouvir muito David Bowie nas rádio, muitos novos ídolos, mas nenhuma banda no rock composta por meninas...
Então um dia um carro passou tocando uma música irritante enjoativa de Rock N' Roll perto de duas jovens, então uma jovem loirinha que estava noiada e era criativa com um baseado na mão, virou-se para a sua amiga e disse:

-Sabe o que seria bom?
-Oq?
-Sabe, tem muitos caras no rock n' roll, muito macho e …

Porque Alison Dilaurents é uma das maiores assassinas da história...

Imagem
Ah, séries,séries... Quem não curte séries?

Bem... Quem tem uma adolescência feliz, provavelmente já ouviu falar em PLL (Pretty Little Liars), uma série estreada na Netflix, em 2010, aonde quatro garotas, têm suas vidas mudadas por mensagem de um suposto A. 
Curiosamente, as mensagens contêm segredos, quais a sua antiga melhor amiga, qual desapareceu "Alison Dilaurents" poderia saber...


Mas acontece que ninguém mais ninguém menos que Alison Dilaurents é encontrada morta 1 ano depois de seu desaparecimento, ou no caso dos livros... 4 anos!
Ok, mas hoje não vamos falar sobre a série, vamos falar sobre os livros!
O primeiro livro que saiu, foi escrito por Sarah Sherpad, assim como todos os outros (óbvio!), "Maldosas", como chegou traduzido aqui no Brasil, em 2010, porém foi lançado nos E.U.A em 2006. E bem, o que eu posso dizer sobre o livro... Eu acho que ele mudou a minha vida, a partir daí passei a curti suspense (mentira eu já levantava no meio da noite para ver C…

Resenha:Série "American Ghotic"

Imagem
Olá galerinha!Tudo bem?

Como passaram a virada para 2018?

Hoje estou aqui para falar de uma série que está arrepiando os meus braços, eu estou falando de "American Ghotic" .



American Ghotic é uma série de suspense, que também envolve drama e assassinatos (embora a maioria dos assassinatos não aconteça ao longo da série), produzida e lançada pela CBS em 2016. Tem como criadora Corrine Brinkerhoff (também roterista de "No Tomorrow").

American Ghotic conta a história de uma família, que pode ter entre eles, o "ASP" ou "Assassino dos Sinos de Pratas", e também um dos maiores seriall killers da história! Mas assim, como "Jack, o estripador" ainda não acharam, e há algumas "coisinhas suspeitas" entre eles.

Ao longo da série, você vai ficar com raiva de algumas coisas: os Hawthornes não são exatamente "a família exemplar" carinhosa e divertida como Os Simpsons, uma das coisas que me incomodava era como eles tratavam o pequ…

Chat no blog da Garota Muito Complicada....

Imagem
Olá galerinha!

Venho avisar sobre a nossa nova configuração: agora temos um chat no blog.
Sim, além de temos playlist com músicas para você ouvir, conteúdo de boa qualidade, agora temos um chat para conversar á vontade com outros leitores do blog!

Não é bacana?

Resenha: Never Mind The Bollock's, Here Sex Pistols!(álbum)

Imagem
Quando se fala no blog "Diário de Uma Garota Muito Complicada 2", se fala em Ally Lima, quando se fala em Ally Lima, se fala em Sex Pistols.


E quando se falam desses britânicos, estamos falando de "Never Mind Your Bollocks, Here's Sex Pistols!", um álbum, qual completa 40 anos hoje, então vamos relembrar um pouquinho?


A capa de  Nevermind Your Bollock's foi desenhada por um amigo de Jhonny, qual era formado na universidade de artes, o álbum foi lançado em 27 de outubro de 1977, no tão famoso ano do punk. O álbum é considerado uns dos raros álbuns do Rock N' Roll, e futuramente viera a influenciar artistas como Renato Russo.

Era 1977, o chamado ano do Punk para ingleses e estadunenses (não para nós ainda, hahaha), Sex Pistols já havia se apresentado no programa "Today", e com ele a sua polêmica pelo vocabulário de Jonnhy no programa, já que ele era a primeira pessoa a dizer as palavras "Fuck Off" (Foda-se) ao vivo. Vendo de fato, que …

Resumo: livro Os Irmãos Tapper declaram guerra (Um Contra o Outro)

Imagem
Se você quer rir mais do que neste blog, (vamos combinar, ninguém rir aqui, né!) recomendo "Os Irmãos Tapper Declaram Guerra (Um Contra o Outro), um livro lançado em 2016, por Geoff Rodkey (também roteirista dos filmes "Férias no Trailer" e "A creche do Papai"), aonde Claudia Tapper, e o seu irmão Reese Tapper, vivem bringando entre si, então Claúdia resolve escrever um livro sobre a "guerra" com o seu irmão. O livro é muito engraçado, recomendo!